Tecido para vestido de noiva – 24 tipos lindos para escolher!

Escolher o vestido de noiva é uma escolha que envolve muitas decisões, como o horário do casamento, estação do ano, estilo da cerimônia e festa, e claro, sua personalidade e estilo próprio. E reunindo todos esses quesitos, fica mais fácil de escolher o melhor tipo de tecido para vestido de noiva.

Afinal, o tecido para vestido de noiva pode ser primordial para passar a ideia desejada ao modelo, criando ou não volume, corte, caimento, textura, entre tantos outros fatores que cada tipo de tecido pode passar ao vestido de noiva.

Então, se você sonha com o vestido perfeito para o grande dia, é hora de conhecer mais sobre os tipos de tecidos para vestido de noiva, e fazer a escolha certa, garantindo que o resultado seja harmonioso entre modelo de vestido e tipo de tecido.

tecido para vestido de noiva

Tipos de tecido para vestido de noiva

Zibeline

O zibeline é um tecido misto de seda e que tem como característica ser mais fino e leve que o cetim.

A característica do zibeline é um superfície com tramas que lembram sarja e um leve brilho, garantindo um visual delicado!

O caimento do zibeline é mais estruturado e é uma ótima pedida para modelagens de vestido de noiva com silhueta marcada, pregas e dobraduras.

tecido estruturado para vestido de noiva
O zibeline tem visual mais estruturado

Organza

A organza é uma opção de tecido para vestido de noiva que traz transparência, delicadeza e um brilho diferenciado.

Esse tecido mais leve é também uma boa pedida para um visual estruturado e combina com detalhes, sobreposições e volumes, sendo uma opção para saias elegantes e com volume.

vestido de noiva com saia em organza
O modelo traz a organza na saia rodada

Cetim  

O cetim é um dos queridinhos quando o assunto é tecido para vestido de noiva, mas engana-se quem acha que cetim é tudo igual. Pelo contrário, há uma variedade de tipos de cetim e cada um pode apresentar uma peculiaridade que favorece diferentes modelos de vestidos de noiva.

De seda

O cetim de seda é um um tipo de tecido com brilho, glamouroso e de caimento leve, sendo uma boa pedida para vestidos fluídos ou até mesmo modelagens que realcem a silhueta, como vestido de noiva sereia.

Duchese

O cetim duchese é uma opção de tecido mais estruturado e com aparência delicada.

O tecido é bastante versátil e combina com modelos que vão do estilo sofisticado ao estilo simples, além de permitir diferentes acabamentos, como bordados e pedrarias.

Bouchol

O cetim bouchol é bastante parecido com o cetim duchese, mas nesse caso o tecido é mais pesado e perfeito para modelagens estruturadas, sendo muito utilizado na alta costura.

tipos de cetim para vestido de noiva

Changeant

A opção de cetim changeant é um tecido que possui duas cores na trama, o que garante um efeito diferenciado à cor do tecido quando olhado em diferentes posições.

Charmeuse­

Entre as opções de cetim, o charmeuse é uma boa pedida para vestidos que pedem leveza e elegância! O tecido tem brilho intenso e caimento lindo!

Peau d’ange ou cetim vison

Essa opção de cetim é mais encorpada que outros tipos, e apresenta bom caimento com brilho mais discreto, por isso do nome, “peau d’ange”, que vem do francês e significa “pele de anjo”, representando a delicadeza e o brilho leve do tecido.

cetim para vestido de noiva

Renda

Quando o assunto é vestido de noiva, é  muito comum os modelos em renda se destacarem, afinal a renda é um tecido atemporal e elegante.

E assim como o cetim, a renda tem uma infinidade de tipos e estilos, o que permite variações incríveis para o vestido de noiva de renda.

Renda Renascença

Essa renda é originária da Europa, mas atualmente é bastante encontrada na região nordeste do Brasil e tem como característica o visual  com traços marcados, desenhos geométricos e aparência fosca, características do trabalho artesanal para a confecção da renda.

vestido de noiva de renda renascença
A renda renascença passa um toque artesanal ao vestido de noiva

Renda Arabesco

A renda arabesco é um tipo de renda mais com desenhos de arabescos, fugindo das opções mais tradicionais de rendas com temáticas florais.

vestido de noiva em renda arabesco
O vestido com cauda é um modelo elegante!

Renda Francesa

A renda francesa é uma opção bastante frequente de tecido para vestido de noiva, e traz a elegância de uma renda delicada.

E apesar de ser bastante comum usar apenas o termo renda francesa, há diferentes tipos dessa renda de origem francesa, como soutache, guipure, chantilly e alençon.

tipos de renda francesa para vestido de noiva

Soutache

A renda francesa soutache tem com características desenhos em alto relevo e feitos em fio soutache sobre uma renda fininha e delicada, por isso do nome.

Esse tipo de renda combina bastante com modelagens estruturadas e elegantes de vestido de noiva.

Guipure

Uma opção de renda mais rígida e encorpada, a renda guipure é tipo de bordado sobre tecido fino e com espaçamentos.

Esse tipo de renda combina bastante com aplicações e pode ser usada em detalhes e transparências do vestido de noiva.

Chantilly

Uma das opções mais delicadas entre os tipos de rendas francesas, a renda chantilly é clássica, atemporal e romântica.

Essa renda traz bordados de flores e galhos em um tecido de tela fina e plana, garantido suavidade e delicadeza!

Alençon

A renda alençon é um tipo de renda francesa que tem bordado sobre tela fina, trazendo um mix entre fios finos  e grossos, e com temática floral, que deixa a renda bastante delicada.

Renda Italiana

Uma opção entre os tipos de renda e tecido para vestido de noiva é a renda italiana, uma opção, que como o próprio nome indica é de origem italiana, e que traz bordado elegante sobre tela fininha, dando um ar leve e romântico para a renda.

vestido de noiva com cauda em renda italiana
A renda italiana é delicada e elegante!

Renda Richelieu

A renda richelieu é um opção de renda mais dura e menos fluída, sendo uma opção elegante, mas com uma aparência mais pesada.

vestido de noiva com renda richelieu
O vestido de manga longa é em renda richelieu

Renda Point D’esprit / Ponto Suíço

Uma opção diferenciada e moderna de renda, é a renda point d’esprit ou ponto suíço, que é uma versão bordada em tela fina e fluída, trazendo pontinhos que parecem bolinhas.

Essa renda é opção diferenciada para vestidos de noiva, e também pode ser uma boa pedida para véus.

tipo de renda para vestido de noiva

Tule

O tule é um dos queridinhos das noivas que querem leveza, volume e ousadia!

Esse tecido é bastante usados em saias de vestidos de noiva, trazendo várias camadas para uma saia volumosa e sendo uma opção perfeita para sobreposições.

11 vestido de noiva rodado com saia de tule
O vestido tomara que caia é um modelo com saia bem rodada em tule
vestido de noiva em tule
O vestido com saia de tule tem saia levemente rodada

Musseline de Seda

A musseline de seda é um dos tipos de tecido para vestido de noiva que tem como característica uma transparência suave e sofisticada, e um caimento leve e elegante!

O tecido é uma ótima pedida para modelagens românticas e fluídas, e também pode ser usado como sobreposição, garantindo um efeito leve e que combina com vestidos de noivas mais soltos para casamentos ao ar livre.

vestido de noiva com saia em musseline de seda
A musseline de seda foi usada na sobreposição da saia

Gazar de Seda

Como o próprio nome já indica, o gazar é um tecido de seda e que tem toque suave e caimento leve.

Esse tipo de tecido combina bastante com modelagens que pedem volume e sobreposições, e garante características acetinadas e um brilho suave ao vestido de noiva.

vestido de noiva moderno em gazar de seda

Tafetá

O tecido tafetá tem como características o toque suave e caimento estruturado, mas sem ser rígido demais, o que deixa o caimento estruturado e maleável.

O acabamento apresenta superfície acetinada, dando um leve brilho ao tecido e combinando com modelagens de vestidos estruturados e elegantes!

vestido de noiva estruturado em tafetá
O vestido em tafetá tem saia rodada e estruturada, mas sem ser rígida demais

Chiffon

O chiffon é um tecido bem fininho e levemente transparente, podendo ser em seda ou em fibras sintéticas.

Esse tipo de tecido tem toque macio e transparência suave, sendo uma ótima opção para vestidos mais fluídos, soltos e leves, podendo ser utilizado como uma sobreposição a outros tecidos, uma vez que é levemente transparente.

vestido de noiva com saia de chiffon
O chiffon foi usado na saia do tecido, trazendo camadas leves

Crepe

O crepe apresenta como características aparência opaca, aspecto granulado e toque áspero.

Esse tipo de tecido tem caimento levemente estruturado e é perfeito para vestidos de noivas que pedem um pouco mais de estrutura, mas sem a necessidade de muito volume.

vestido de noiva em crepe com manga longa
O vestido em crepe tem mangas longas e cauda curta
vestido de noiva minimalista em crepe
O modelo em crepe é liso e elegante!

Mikado

O mikado é uma seda natural e um tipo de tecido mais espesso, sendo uma opção bem sofisticada para vestidos de noiva.

O tecido é uma ótima opção para peças com mais volume, uma vez que a espessura da trama garante a modelagem mais volumosa, e tem como vantagem o fato de não amassar com facilidade, evitando que a noiva apareça amarrotada.

tecido mikado para vestido de noiva minimalista rodado
O mikado combina bastante com modelos minimalistas e elegantes!

Quantos metros de tecido para fazer o vestido?

A quantidade, em metros, de tecido para vestido de noiva pode variar bastante de acordo com o estilo do vestido e seu biotipo.

Assim, vestidos com manga longa e saia rodada tendem a usar uma quantidade maior de tecido.

Para exemplificar e calcular a quantidade de tecido em um vestido de noiva, vamos considerar um modelo com saia de tule e estilo princesa, tendo 4 camadas de tecido na saia, o que leva 12 m de tecido apenas para a saia.

Já uma versão mais fluída também pode levar uma quantidade considerável de tecido, como uma versão de vestido em musseline, com 2 camadas de saia e um rodado leve, que pode levar 14 m de tecido para a confecção do modelo.

O cálculo do tecido também deve levar em conta o tecido para o forro do vestido, e tudo isso deve ser feito por um estilista ou costureira.

 

Agora é só escolher o estilo do seu vestido e combiná-lo com o tecido ideal, garantindo a harmonia perfeita em cada detalhe para o grande dia!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *